Viagem a Aparecida-SP

AparecidaNorte_048

Neste final de semana (28 e 29 de maio) fomos para Aparecida em SP, rodando 1.088 km no total. Era para ser uma viagem em grupo, Inconfidentes MC e Monges MC, mas devido a imprevistos de última hora acabou sendo uma viagem solo. Eu e minha esposa, estávamos aguardando ansiosos a data de partirmos e decidimos não mudar o plano inicial e encaramos a estrada juntos.

  • VIAGEM DE IDA

até a moto quiz tirar foto com o rei...

Acordamos cedo no sábado e enquanto jogava uma água na moto ela acabou de ajeitar as bagagens. Optamos por seguir até Pouso Alegre e de lá atravessar a serra da Mantigueira entre Itajuba e Piquete até sairmos na Dutra, a poucos quilômetros de Aparecida.

Passando na entrada de Três Corações não é que encontramos Pelé e pedimos para tirar uma foto com ele.  Que sorte a nossa viu…risos.

A Fernão Dias esta um tapete o que fez a viagem render bem ate Pouso Alegre. O detalhe desse trecho é que minha esposa não fechou a jaqueta nos braços, o que possibilitou a entrada de

esse copo de água esta pesado...aí meus braços!

muito ar pela manga da jaqueta, que inflou um pouco. Resultado: Ela chegou em Pouso Alegre sem conseguir levantar os braços direito, estava com muita dor pois fez esforço dobrado para ficar agarrada em mim enquanto o vento que entrava pela manga a empurrava para trás. (não entendi porque ela esqueceu desse detalhe ou comentou pelo comunicador que estava desconfortável, enfim, mais uma história para contar…risos).

Fizemos os 525 km em oito horas e pouco, curtindo o passeio, parando para tirar algumas fotos e admirando as belezas da paisagem.

  • APARECIDA

Ao chegarmos fomos direto procurar um hotel para ficarmos, queríamos tomar um banho, tirar a roupa de viagem e andar pela cidade. Conseguimos um hotel bacana, com preço bom, mas já aviso: Tem que procurar moçada, tem muita coisa fumo com preço mais caro. (estilo Praia do Forte e Curvelo, se é que me entendem).

Marcelo de Tolero-PR

Logo quando chegamos, quando fui guardar a moto, conheci um moticiclista de Toledo-PR (Marcelo dos Solitários do Asfalto), que rodou 1.300 km para estar ali. Marcelo, foi um prazer te conhecer, no encanto pela cidade acabei não te ligando para jantarmos em Guara juntos, foi mal. Domingo vi sua moto próxima a Basílica e tomei a liberdade de pregar um adesivo dos Monges, vindo para estas bandas de MG estamos a disposição.

Se vocês são pessoas de fé e acreditam na grandiosidade de Deus, Aparecida representa muito bem isso. A Basílica Nova é um monumento maravilhoso e grandioso. As romarias vêem de todos os cantos do País e as demonstrações de fé são comoventes. Impossível não reavaliar e renovar a sua fé num lugar como Aparecida.

A Basílica é imensa, com muitos detalhes que só te permite admirar com mais tempo. Possui várias capelas, local para acender velas e uma infra-estrutura que foi muito bem planejada. Pegamos a última missa de sábado e no Domingo era impossível entrar na Basílica de tanta gente.

vista panorâmica da Basílica.

Na sala das Promessas, que fica no sub-solo da Basílica, as pessoas deixam objetos que simbolizam suas bençãos recebidas e uma delas me chamou muito a atenção. Um motociclista de Varginha, pertence a um motoclube que não gravei o nome, tentou por dois anos promover um evento motociclistico na cidade sem êxito, então, prometeu a Nossa Senhora Aparecida que se ele conseguisse voltar a realizar o evento anualmente iria de Varginha-MG a Aparecida-SP a pé (280 km). Na sala de promessas, tinha um boneco devidamente paramentado com as vestimentas deste motociclista, que no ano seguinte conseguiu realizar o evento e cumpriu sua promessa.

Pedi por todos nós meus amigos e agradeci também, pela nossa amizade, união, novos membros Kids e por estarmos com saúde, repletos de energia e dispostos a ganhar o mundo em nossos motocicletas. Dentro de um ano, a contar do final de semana, estarei de volta a Aparecida para agradecer novas bençãos recebidas e quem sabe não iremos juntos.

Ficamos pouco tempo na cidade, que a principio parece ter apenas o templo como ponto turístico e centro de orações, mas vale a pena passar mais tempo, um ou dois dias, e não apenas algumas horas. Tem muita coisa para ver, e após o choque inicial é que realmente conseguimos tirar um tempo para relaxar, entrar em estado de graça para fazer as orações com mais fé e recarregar as baterias espirituais.

Uma descrição mais detalhada das emoções que vivemos em Aparecida e de nossas percepções podem ser lidas no meu blog pessoal.

  • VIAGEM DE VOLTA

no pé da Serra da mantiqueira

A viagem da volta foi em ritmo de quero chegar para descansar um pouco e iniciar a semana. Fizemos a viagem de volta em seis horas e trinta minutos, parando apenas para abastecer e comprar os famosos doces de amendoim na barraca vermelha em Piranguinho.

Registramos em vídeo alguns pontos da estrada que corta a Serra da Mantiqueira e que devo disponibilizar estes dias após editar o vídeo. A Serra é realmente muito linda e muito fria também. Na subida pegamos uma neblina chata que não permitia ver mais que 5 metros a frente, no entanto, estávamos em estado de graça diante de tanta beleza que nem nos importamos com o frio.

Minha esposa se mostrou uma parceirona de viagem, foi e voltou de boa e na volta estava mais firme que eu. Ela queria abastecer e seguir, eu queria abastecer e relaxar um pouco. É necessário, não tem jeito, para ser prazeroso e poder pilotar com segurança.

Valeu muito a viagem do final de semana, recomendo a todos.

Veja o Álbum de Fotos da Viagem

 

Similar Posts:

3 Responses to Viagem a Aparecida-SP

  1. […] os detalhes da viagem no site dos Monges MC Jesus Junior On Maio – 30 – […]

  2. MARELO diz:

    Ow,
    Ví que foi ótimo a viagem heim e deu tudo certo, graças a Deus. mais você podia ter abanado o rabo heim. Não ligou nem nada.
    Mais tá certo, no AuAu conversamos mais sobre Aparecida, parece que é doidodemais lá mesmo.

    OBS: No album de fotos ví uma foto de umas coxas de frango. Véi, me deu aguá na boca. Vocês comeram????? kkkk

    Abraços,

    MARELO

  3. mongesmc diz:

    Não liguei para não pagar interurbano, mas estava postando twitter sempre e marcando onde eu estava pelo foursquare…no site aparecia os twitters…foi mal.

    a foto da coxa de frango foi para vc mesmo que eu tirei…quando parei no posto e vi comentei com a Ellen, o Marelo com certeza ia comer uma coxa dessas…kkkkkkkkkk.

    Parecia que tava boa…nada daquela coxa de frango verde que vc comeu em Vitoria da Conquista vindo de Salvador. kkkkk

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Código de Segurança * Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.